sábado, 13 de maio de 2017

Atualização Mensal - Abril 2017


Barreira dos 300k ultrapassada! Vamos em frente! Mês de Abril finalizado e o valor planejado de R$ 303.500 foi superado e com folga. O realizado do mês foi R$ R$ 311.278,92 com aportes fora do padrão devido ao recebimento da PL da empresa em que trabalho. Continuei me posicionando e estudando Fundos Imobiliários neste mês mas essa história fica pro próximo post, pois estou sem tempo para absolutamente nada e quero contar minha história com os FIIs com detalhes para que outras pessoas também percam o medo da renda variável. Rumo aos 400k.


Os valores das colunas de cor cinza, marcados com "(plan)" são estimativas/projeções da evolução, considerando os rendimentos mensais e os aportes feitos.
Abraços, M.R.F.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Atualização Mensal - Março 2017


Mês de Março finalizado e o valor planejado de R$ 292.000 foi superado e com folga. O realizado do mês foi R$ R$ 299.723,67 com aportes de R$ 1.500,00 + R$ 7.000 (devido ao resgate do FGTS de conta inativa que nosso golpista propiciou). Esse mês iniciei minhas andanças na Renda Variável (FII), mas essa história fica pro próximo post. Rumo aos 300k, foi na trave!
Acho que repararam que dei uma enxugada no gráfico de alocação resumindo em RF - Renda Fixa, FII - Renda Variável e CONTA - Crédito em conta da corretora (Para continuar os estudos e a "brincadeira" nova com RV nos FIIs). O objetivo é deixar a carteira com pelo menos 10% de RV este ano, mas por enquanto está em 0,7%.

Os valores das colunas de cor cinza, marcados com "(plan)" são estimativas/projeções da evolução, considerando os rendimentos mensais e os aportes feitos.
Abraços, M.R.F.

terça-feira, 7 de março de 2017

Acho que estou pensando muito em finanças...

Meu dia hoje foi igual a todos os dias desse mês, talvez igual a todos os meses do ano que passou e isso é assustador... Olho um gráfico, entro num blog de investimentos, consulto algumas taxas de renda fixa, comento num fórum, comparo meus cálculos com os da minha corretora de valores (só pra garantir), comemoro sozinho o aporte maior que o do mês anterior...

A conclusão é uma só:

Penso demais em finanças!

E o motivo por pensar demais em finanças é óbvio: Por que quero parar de pensar em finanças, por que não quero mais me 'preocupar' com dinheiro.

Parece sem sentido, paradoxal, mas é bem mais comum do que se imagina.  Vou tentar explicar meu caso e minha angustia que pode ser a mesma de outros amigos da blogsfera de finanças.

Pois bem, quero minha independência financeira para não ser mais um escravo desse modelo de mercado que nos enjaula por mais de 8 horas por dia (no meu caso, muito muito muito mais do que as 8 horas contratuais...e olha que não estou somando o tempo casa-trabalho / trabalho-casa ), que nos amedronta com a possibilidade de demissão, que nos faz ter uma péssima noite de sono,  que nos faz esquecer o significado da expressão ‘qualidade de vida’, que nos faz vender nossos ativos mais valiosos a preço de banana: o nosso tempo , a nossa vida.

A pergunta sempre vem na cabeça: Será que estou deixando de viver o presente por um sonho de liberdade no  futuro?

E não pensem que sou desses que sonham com a permanent vacation (salve Aerosmith), ou em bom português, férias permanentes. Sonho com um uma vida de paz e sossego (antes que falem, não sou de humanas), sonho apenas com viver a porra da vida.

Esse post não é depressivo nem desesperado, é reflexivo... é para dizer que continuo na luta mesmo com todos esses conflitos internos naturais de qualquer ser humano.

Nós vivemos num mundo totalmente conectado, cheio exemplos concretos de realização pessoal, profissional e financeira  de amigos virtuais com os quais temos mais proximidade do que  certos parentes.(pura verdade, não?)

A mensagem que quero passar nessa postagem é que não devemos desistir jamais dos nossos sonhos e projetos. Teremos dificuldades e questionamentos em diversos momentos. Vamos seguir em frente, SEMPRE! 


Deixo aqui abaixo links que me inspiram constantemente e espero que façam diferença para vocês que estão lendo.

Viver de Renda (o mito)

Viver de Construção

Soul Surfer

Frugal Simple

Abraços,
M.R.F

quinta-feira, 2 de março de 2017

Atualização Mensal - Fevereiro 2017


Mês de Fevereiro finalizado e o valor planejado de R$ 284.000 foi superado. O realizado do mês foi R$ R$ 286.620,66 com aportes de R$ 1.500,00 em LCA LIQ. e R$ 641 em TD. O crescimento percentual foi de 1,85%.

LCA - Investimentos sem liquidez espalhados por diversos bancos ditos 'médios' : Daycoval, Intermedium, Original e Tricury

LCA LIQ. - Investimento em LCA do BB (84% CDI) com liquidez (é a minha reserva de emergência)

CAP - Título de Capitalização(antes que me atirem pedras, o atual imóvel onde resido só aceitava fiador e titulo de cap.,pois bem, como não tenho fiador a solução foi imobilizar esse 15k. Obviamente vou rever isso na minha próxima morada em Out17)

TD - Tesouso Direto NTNB Princ 2035 (nenhuma novidade)

PREV - Previdência privada(A empresa é patrocinadora, ou seja, ela dobra o valor do meu aporte mensalmente. Então vale muito a pena)

DEB - Debênture CEMIG (IPCA + 9,90% com vencimento em 2019)


Os valores das colunas de cor cinza, marcados com "(plan)" são estimativas/projeções da evolução, considerando os rendimentos mensais e os aportes feitos.

Abraços, M.R.F.

Como usar o Google Charts em um post do seu Blog – Inserindo gráficos dinâmicos

Com o intuito de evitar fazer inúmeros uploads de imagens em postagens e dar um ar menos amador ao blog (ainda não alcancei este objetivo, mas sigo tentando) que me deparei com uma ferramenta fantástica: O Google Charts que monta gráficos animados numa linguagem extremamente simples (sim, isso mesmo, os gráficos se movimentam e exibem informações ao passar o mouse).

Prometo não me aprofundar no código (até porque nem seria capaz) e ser bem objetivo. Garanto que ao final desta leitura todos conseguirão inserir gráficos bem interessantes em seus blogs (fiz esse post pensando no pessoal da blogsfera de finanças que posta mensalmente o acompanhamento da evolução patrimonial, mas acredito que seja útil para qualquer nicho).

Vamos lá, tudo que você vai precisar é seguir este pequeno passo-a-passo:

1) copiar o código do gráfico de pizza no Google Charts

2) editar a parte amarela do código com os nomes e valores que desejar 


3) Na aba 'HTML' da postagem de seu blog, colar o código editado




4) Pronto! Já pode publicar a postagem e testar os efeitos do gráfico.

obs: O gráfico gerado no início do post é exatamente o do exemplo dado. Os valores percentuais são padronizados e inseridos automaticamente.

Existem dezenas de outras possibilidades de gráficos dentro do site do Google Charts como linhas, colunas e combinados. Espero ter ajudado com este primeiro passo!

Abraços,
M.R.F.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Atualização Mensal - Janeiro 2017


No primeiro post da categoria 'Evolução Mensal' gostaria de explicar os itens e a forma que decidi medir o acúmulo de patrimônio. Vamos lá:

LCA - Investimentos sem liquidez espalhados por diversos bancos ditos 'médios' : Daycoval, Intermedium, Original e Tricury

LCA LIQ. - Investimento em LCA do BB (84% CDI) com liquidez (é a minha reserva de emergência)

CAP - Título de Capitalização(antes que me atirem pedras, o atual imóvel onde resido só aceitava fiador e titulo de cap.,pois bem, como não tenho fiador a solução foi imobilizar esse 15k. Obviamente vou rever isso na minha próxima morada em Out17)

TD - Tesouso Direto NTNB Princ 2035 (nenhuma novidade)

PREV - Previdência privada(A empresa é patrocinadora, ou seja, ela dobra o valor do meu aporte mensalmente. Então vale muito a pena)

DEB - Debênture CEMIG (IPCA + 9,90% com vencimento em 2019)


Os valores das colunas de cor cinza, marcados com "(plan)" são estimativas/projeções da evolução, considerando os rendimentos mensais e os aportes feitos.

Abraços, M.R.F.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Um pouco de história para começar

No auge dos meus trinta e poucos anos, tenho orgulho de dizer que sempre fui poupador, de uma forma inconsciente, já que nunca tive no núcleo familiar exemplos ou sequer conversas sobre educação financeira.

A vontade de acumular patrimônio e  fazer reserva de emergência (na época, obviamente, não tinha conhecimento desta expressão) veio instintivamente. Desde muito jovem tinha receio de passar dificuldades quando fosse velho, de perder o emprego e de não conseguir me sustentar dignamente.

Talvez esse medo tenho surgido por momentos que presenciei na infância/juventude :

-Tio que aos 50 anos perdeu emprego e não conseguiu mais se recolocar no mercado. Ele não tinha reserva de emergência e torrava praticamente todo o bom salário em viagens, novidades eletrônicas etc e até hoje vive com dificuldades e tendo ajuda de familiares.

-Parentes idosos que não conseguiam pagar o próprio plano de saúde e dependiam dos filhos para absolutamente tudo.

Eu tinha plena certeza de que não queria esse destino e tinha mais certeza ainda de que ninguém poderia me ajudar se algum dia eu me encontrasse nesta situação, pois ninguém na família tinha condições de dar esse tipo de suporte.

Estudei em escola pública, passei para universidade pública e desde o primeiro 'salário' de estagiário guardava na poupança uma parte do pouco que ganhava. Fiquei mais velho e assim que me formei consegui o sonhado primeiro emprego. Os aportes na poupança foram aumentando e apenas 28 anos (antes tarde do que nunca) despertei para o mundo dos investimentos em renda fixa e estudos de finanças.

Pretendo com esse blog continuar minha caminhada até a independência financeira sempre estudando e compartilhando tudo que aprendi nesses anos.

Colocarei o acompanhamento da evolução de patrimônio, dicas de cálculos, sugestões de investimentos e histórias da minha vida.

Nos vemos por aí.
Abraços M.R.F.